Alvaiázere – Com saldo positivo de 3 milhões de euros

Câmara Municipal aprovou contas relativas a 2017 em recente reunião

 
Pombal 97 fm / Sociedade – Apresentam um saldo positivo de 3 milhões de euros as contas de gerência da Câmara Municipal de Alvaiázere, referentes ao ano transacto, com o documento a ser, agora, sujeito a aprovação em sessão da Assembleia Municipal.
Em recente reunião, o executivo municipal alvaiazerense, presidido por Célia Marques, aprovou as referidas contas por maioria, com os votos contra dos dois vereadores do Partido Socialista, constatando-se a existência de uma execução orçamental superior a 99%, “a maior de sempre, comprovando o bom planeamento do exercício anterior”.
“O documento evidencia, ainda, o facto de o Município encerrar o ano com um saldo de gerência de 2.980.940,56 euros, montante a ser incorporado no orçamento de 2018”, salienta a autarquia, adiantando que esta verba “vai ser alocada ao pagamento do empréstimo contraído aquando da adesão do Município de Alvaiázere ao Plano de Apoio à Economia Local, bem como na concretização das prioridades estratégicas da Câmara, através da execução de obras e projectos previstos”.
Para Célia Marques, “este documento é um sinal inequívoco de confiança para os cidadãos, porque manifesta, de forma muito clara e objectiva, que o executivo tem capacidade para levar a cabo os projectos que tem planeados para promover o desenvolvimento económico e social do concelho e dos alvaiazerenses”.
 
Para facilitar a integração de famílias imigrantes
 
Por outro lado, o Município alvaiazerense dá conta, em nota de imprensa, que o projecto “Mala Pedagógica” foi iniciado na última sexta-feira, com as crianças do Ensino Pré-escolar dos Centros Escolares de Alvaiázere e de Maçãs de Dona Maria.
Trata-se de um projecto que surge de uma parceria entre o Museu Municipal de Alvaiázere e o Agrupamento de Escolas do concelho, “com o objectivo comum de criar mais um elemento facilitador, às crianças imigrantes, que se encontram em território alvaiazerense”.
A Câmara Municipal explica que “considerando que o português não é a língua materna de todas as crianças que frequentam o Pré-escolar, pretende-se criar ferramentas que auxiliem a aquisição de competências comunicativas através dos contactos, interacções e experiências diversificadas”.
O Município de Alvaiázere espera contribuir, com esta iniciativa, “para a integração das crianças imigrantes e respectivas famílias na comunidade concelhia e facilitar a sua adaptação e aprendizagem”.

 

(Texto escrito com a antiga grafia)

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso