Pombal – Orçamento para 2018 ascende a 38 milhões de euros

Documento foi aprovado, por maioria, em recente reunião da Câmara Municipal


Pombal 97 fm / Sociedade – Eleva-se a 38 milhões de euros, o total do Orçamento aprovado pela Câmara Municipal de Pombal, em recente reunião, para o próximo ano.
Com ele, o executivo camarário, presidido por Diogo Mateus, pretende dar continuidade às intervenções já previstas no plano plurianual de investimentos. O documento foi aprovado, por maioria, com os votos a favor do PSD e contra de toda a oposição (PS e Movimento Independente Narciso Mota-Pombal Humano), sendo apresentado, na próxima quarta-feira, na sessão da Assembleia Municipal, para análise e votação.
Citado pela Agência Lusa, o presidente do Município pombalense diz estar definido “um pouco mais de 15 milhões de euros” em intervenções previstas no plano plurianual de investimentos, sendo que 85% da verba “respeita a obras que já estão adjudicadas ou que estão em curso”.
Segundo Diogo Mateus, trata-se de “um trabalho já de grande maturidade”, sublinhando que “em rigor, estamos mais focados no orçamento para 2019, porque o de 2018 já estava praticamente fechado”. O autarca adianta que o Orçamento poderá registar um incremento de cinco milhões de euros em Fevereiro, “face aos saldos transitados e a candidaturas a fundos comunitários”.
Cerca de nove milhões de euros vão ser investidos nos sectores da educação, saneamento e requalificação urbanística, com valores semelhantes entre eles e, relativamente à área da educação, estão previstos encargos com a Escola C S da Guia, com a criação dos Centros Escolares da Guia e de Vila Cã, e com a conclusão das obras (em curso) no Centro Escolar das Meirinhas.
Quanto à requalificação urbanística, o executivo vai iniciar um trabalho num novo plano em torno do terminal rodo-ferroviário de Pombal, visando uma melhor “articulação entre os sistemas rodoviário e ferroviário, e a requalificação do espaço à volta da Biblioteca Municipal”, avança Diogo Mateus, perspectivando a abertura da Loja do Cidadão em 2018.
O presidente da autarquia pombalense salientou, ainda, que face à possibilidade da abertura do aviso para candidaturas, na área dos equipamentos sociais, “o Município espera, também, ter uma parte interventiva, como entidade que deverá apoiar investimentos de instituições sociais no concelho”.


(Texto escrito com a antiga grafia)

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso