Região Centro – Apesar dos incêndios de que foi alvo

Turismo da região registou um crescimento no passado mês de Outubro


Pombal 97 fm / Turismo – A região Centro de Portugal foi a que mais subiu, no País, apesar dos trágicos incêndios de que foi alvo nos últimos meses.
As dormidas totais aumentaram 20% entre os meses de Outubro de 2016 e de 2017, com a referida região a registar um crescimento na procura turística no passado mês de Outubro, conforme referem os resultados preliminares da actividade turística, publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
Trata-se de um resultado “extremamente positivo, tendo em conta que este foi o mês em que aconteceram os incêndios que dizimaram muitos concelhos da região”, sinal de que os visitantes, “portugueses ou estrangeiros, continuam a apaixonar-se pela região, apesar da tragédia que a afectou”, sublinha a Turismo Centro de Portugal (TCP).
O INE mostra que, no referido mês de Outubro, houve um enorme aumento de 20,4% no total de dormidas em hotelaria, em comparação com o mesmo mês do último ano, constatando-se, em comparação, que no mesmo período em análise, o crescimento de dormidas no País foi de 6,35%, ou seja, a procura do Centro de Portugal cresceu quase quatro vezes mais que a média nacional.
Em valores absolutos foram contabilizadas 549.175 dormidas em Julho na região centro, mais 93,1 mil do que no mesmo mês do ano anterior, que tinha registado 456.025 dormidas, “diferença que ilustra a enorme progressão que a região está a sentir” e, se recuarmos um pouco, verificamos que, em Outubro de 2015, as dormidas tinham totalizado 413.198 e que, no mesmo mês de 2014, foram de 380.682.
Este enorme crescimento é explicado, segundo a TCP, pelo aumento da procura por parte de visitantes de fora do País, verificando-se que, entre Outubro de 2016 e Outubro de 2017, as dormidas de estrangeiros aumentaram 36,4%, para 311.000 (tinham sido 228.026 em Outubro de 2016).
“Isto não quer dizer que os cidadãos nacionais tenham deixado de procurar o Centro de Portugal. Pelo contrário, em Outubro deste ano registaram-se na região 238.175 dormidas de visitantes nacionais, mais 4,5% que em Outubro de 2016”.
De acordo com a TCP, “considerando os dados acumulados do ano, no período Janeiro-Outubro de 2017, o Centro de Portugal apresenta um acréscimo de 14,3% nas dormidas, em comparação com o mesmo período de 2016”, sendo de realçar que, “nestes dez meses, as dormidas de estrangeiros progrediram 28,6%, para um total de 2,52 milhões”.
“Os restantes indicadores registados pelo INE são também muito encorajadores para o Centro de Portugal”, avança aquela entidade de turismo, aludindo ao caso do total de hóspedes, registados entre os meses de Outubro (de 2016 a2017) ter subido 17,5%, para 316.786.
 

(Texto escrito com a antiga grafia)
 
 

97FM - Pombal Vértice Luminoso