Pombal – Pedro Brilhante novo presidente da JSD Distrital

Jovem autarca pombalense venceu as eleições em Pedrógão Grande


Pombal 97 fm / Politica – Sob o lema “Leiria vai Crescer”, a candidatura liderada pelo pombalense Pedro Brilhante foi eleita no decorrer do sufrágio realizado durante o “IV Congresso Distrital da JSD”, que teve lugar em Pedrógão Grande.
Pedro Brilhante, vereador da Câmara Municipal de Pombal e ex-presidente da JSD local é, assim, o novo presidente da Comissão Politica dos jovens social-democratas do distrito, sucedendo a Renato Guardado, também da concelhia da JSD de Pombal. Na liderança da Mesa do Plenário continua a deputada Margarida Balseiro Lopes, da Marinha Grande.
Em nota de imprensa, a JSD refere que “os novos órgãos distritais compostos por jovens oriundos dos vários concelhos do distrito de Leiria têm, agora, a Comissão Política Permanente”, composta por Pedro Brilhante (presidente, de Pombal), pelos vice-presidentes João Antunes dos Santos (Pombal), Eduardo Almeida (Batalha), Fábio Bernardino (Leiria) e João Cerejo (Porto de Mós), pelo secretário-geral, Ricardo Venâncio (Bombarral), pela responsável pelo Gabinete de Estudos, Cristiana Santos (Alvaiázere), pelo representante junto dos Jovens Autarcas, Nuno Carrasqueira (Pombal) e pelos vice-presidentes da Mesa, Pedro Vala (Porto de Mós) e Rui Bernardino (Ansião).
“A moção de estratégia global apresentada sob o lema ‘Leiria vai Crescer’ apresenta ideias claras sobre a afirmação que o distrito de Leiria deve ter no contexto nacional, na área económica e empresarial, bem como uma visão futurista daquilo que devem ser as competências dos municípios” explica a JSD adiantando que, para além disso, “a moção defende ainda uma estratégia para o Instituto Politécnico de Leiria, transversal a todo o distrito, do norte ao sul, bem como uma aposta clara no potencial turístico do distrito ao nível do surf e desportos conexos. Tudo isto procurando uma afirmação desta estrutura juvenil partidária junto das principais instituições do distrito, económicas, empresariais, educativas e políticas”.
“O centralismo instalado em Portugal, nos dias de hoje, faz com que possamos dizer que vivemos num país a funcionar a vários ritmos. Este é um cenário que prejudica Portugal e o seu desenvolvimento”, diz Pedro Brilhante, explicando que “tal tendência centralista não permite o desencadeamento de uma estratégia pensada a longo prazo para o desenvolvimento do país num todo. Não permite que retiremos de cada região ou de cada localidade de Portugal, o melhor que estas têm para oferecer”.
Mais tarde, e relativamente às suas “Propostas Políticas”, o novo presidente da JSD Distrital de Leiria enuncia três: a “descentralização da cadeia de decisão e do processo de decisão do Estado (Deslocalização estratégica dos Ministérios pelos vários polos do País - Ministério da Economia em Leiria)”, a “descentralização de competências para os Municípios (Municipalização vcs Regionalização)” e a “Estratégia Política Regional (Base - ConnectLeiria)”.
 

(Texto escrito com a antiga grafia)

97FM - Pombal Vértice Luminoso