Ansião – Programa de Inovação Social

Sicó Formação anuncia candidaturas até ao dia 15 de Fevereiro de 2018


Pombal 97 fm / Empreendedorismo – Em nota endereçada à 97 fm, a Sicó Formação - Sociedade de Ensino Profissional, entidade proprietária da Escola Tecnológica e Profissional de Sicó (ETP Sicó), sedeada em Avelar, freguesia do concelho de Ansião, refere a abertura de candidaturas aos “Títulos de Impacto Social”, no âmbito do Programa Operacional Capital Humano.
Segundo aquela entidade formadora, certificada e detentora de um Centro Qualifica, o período para apresentação das candidaturas foi prorrogado até ao dia 15 de Fevereiro do próximo ano.
Indica a Sicó Formação que esta medida visa a promoção do empreendedorismo e a inovação social, “numa lógica complementar às respostas tradicionais, para a resolução de importantes problemas societais”, a dinamização do mercado de investimento social, “criando instrumentos de financiamento mais adequados às necessidades específicas do sector da economia social e dos projectos de inovação e empreendedorismo social” e a capacitação dos actores do sistema de inovação e empreendedorismo social, “melhorando os níveis de resposta das entidades da economia social e contribuindo para a sua sustentabilidade económica e financeira”.
Como objectivos, a tipologia pretende “estimular uma maior experimentação e diversificação na prestação de serviços públicos, desenvolver um maior conhecimento sobre os custos dos problemas sociais e promover a cultura de prestação de serviço público, orientada para os resultados e para a melhoria contínua do seu desempenho”.
Como entidades beneficiárias encontram-se as que “integram a parceria, composta por um ou mais investidores sociais e uma ou mais entidades do sector público com competências de política pública na área temática da IIES e uma ou mais entidades implementadoras” e, como entidades implementadoras, figuram “as cooperativas, as associações mutualistas, as misericórdias, as fundações, as entidades com o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social, as associações e as entidades abrangidas pelos sub-sectores comunitário e auto-gestionário”.
A referida medida tem, como destinatários, “alunos do sistema de ensino e respectivas famílias, agentes do sistema educativo e população adulta com baixas qualificações e/ou dificuldades de (re)inserção no mercado de trabalho”.
As acções elegíveis são as que visem a promoção do sucesso escolar, o reforço da aprendizagem, qualificação ao longo da vida e empregabilidade e o reforço das competências digitais.


(Texto escrito com a antiga grafia)

 

97FM - Pombal Vértice Luminoso