Pombal – Na companhia do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

Secretário de Estado do Ambiente visitou obras de intervenção que decorrem na Ribeira de Carnide

 

Pombal 97 fm / Ambiente – O Secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, esteve de visita à Ribeira de Carnide, no concelho de Pombal, a fim de se inteirar das obras de limpeza, reabilitação e valorização que aí decorrem.

Durante a visita, na qual foi acompanhado pelo presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno Lacasta, por Nuno Bravo, da Administração da Região Hidrográfica do Centro e pelo presidente do Município de Pombal, Diogo Mateus, o Secretário de Estado constatou as acções de limpeza que decorrem ao longo daquela linha de água. Tomou, ainda, conhecimento de todas as opções de intervenção que foram adoptadas nesta obra, que contempla a limpeza, desobstrução e regularização da linha de água, intervenção que assume importância na prevenção de cheias e inundações. 
 
Para além da limpeza e da valorização das margens da Ribeira de Carnide, esta empreitada contempla, igualmente, o registo cadastral de todos os proprietários que confinam com as margens da ribeira, ao longo da sua extensão, o que permitirá ao Município saber quem são os donos dos terrenos “para que possa sensibilizá-los para a limpeza frequente e para o tratamento responsável das suas propriedades junto do curso de água”, refere a autarquia. 
 
As obras em causa representam um investimento superior a 94.570 euros, tendo sido seleccionado pelo Fundo de Proteção de Recursos Hídricos para uma comparticipação comunitária de 85 porcento. O seu prazo de execução é de 90 dias e a intervenção será executada numa faixa de 5 metros ao longo de cada margem, numa extensão de 21,5 km, abrangendo as freguesias de Almagreira, Carnide, Louriçal, Pombal e a União das Freguesia da Guia, Ilha e Mata Mourisca. 
 
“As opções adoptadas nesta intervenção, incluem a remoção de material lenhoso do leito e das margens da ribeira, bem como a reparação de rombos e a estabilização das margens, recorrendo a técnicas de engenharia natural”, explica o Município pombalense, adiantando que a consolidação de margens “será feita com a plantação de vegetação autóctone, em extensões de margens sem vegetação, pretendendo-se, com isso, um maior controlo da propagação de vegetação exótica e invasora, como as acácias, as silvas e as canas”. Serão ainda construídos micro e mini açudes, para além da criação de bacias de retenção, com o objectivo de melhorar o funcionamento hidráulico da ribeira. 
 
Entretanto, prevista para o início do próximo Outono está uma intervenção no Rio Arunca, que atravessa a cidade de Pombal e parte do seu concelho, em moldes semelhantes à limpeza de que está a ser alvo a Ribeira de Carnide.
 
A visita do Secretário de Estado do Ambiente às obras da Ribeira Carnide teve lugar depois de ter presidido à inauguração da ETAR de Almagreira, que tratará as águas residuais de 7.500 habitantes e que constitui um investimento superior a 1.904 mil euros.
 
(Texto escrito com a antiga grafia)