João André Coelho é cabeça de lista do PS à Assembleia Municipal de Pombal

Escrito por em 2021-07-03

O partido anunciou ainda os mandatários da candidatura e financeiro

A Concelhia do Partido Socialista de Pombal anunciou João André Coelho como cabeça de lista do partido à Assembleia Municipal de Pombal, nas eleições autárquicas marcadas para 26 de Setembro. Em nota de imprensa, a estrutura local do PS revela que a escolha foi feita por unanimidade.

João André Coelho tem 40 anos e é empresário na área do transporte de passageiros, gerindo ainda participações na hotelaria e nos seguros. Licenciado em Economia pela Universidade de Coimbra, foi professor e director pedagógico do ensino básico durante 10 anos. Na política, foi responsável pela Juventude Socialista em Pombal, membro da Assembleia Municipal entre 2005 e 2013 e candidato à Assembleia da República em 2011. Foi atleta do Núcleo de Desporto Amador de Pombal e dirigente do Sporting de Pombal, onde actualmente é presidente do Conselho Fiscal.

Na nota de imprensa, o PS de Pombal manifesta que o candidato é “um homem de compromisso, combativo e altamente motivado. Trabalhador incansável, inteligente e astuto, um líder nato, que adora a sua terra e que acompanha de perto os problemas de Pombal”. Os socialistas dizem que estas características dão garantias de que “saberá dignificar o órgão, elevar o debate e até criar um novo estilo de actuação”.

Na mesma nota de imprensa, a Concelhia do PS revelou também os nomes dos mandatários para as autárquicas. Victor Gomes será o mandatário da candidatura e Fernando Soares o mandatário financeiro. Sobre o primeiro, os socialistas dizem ser “um cidadão que goza de enorme prestígio junto da comunidade, que tem um percurso pessoal e profissional exemplares e é um profundo conhecedor da realidade de Pombal”. Quanto ao mandatário financeiro, é contabilista certificado, “um profissional de excelência, que pauta a sua actuação profissional pela competência e rigor”.

 

João André Coelho pede a demissão da presidente da AM

Entretanto, e na sequência do episódio ocorrido na última Assembleia Municipal (AM) de Pombal entre a presidente do órgão, Fernando Guardado, e Célia Cavalheiro, eleita pelo Bloco de Esquerda, João André Coelho emitiu também uma nota de imprensa onde pede à presidente que se demita do cargo.

Diz o agora candidato que o mandato de Fernanda Guardado, que está a terminar, fica marcado “por uma total parcialidade e desrespeito por alguns dos membros eleitos à AM”. João André Coelho considera que a negação da possibilidade de defesa da honra “é um ato grave, por ser ilegal, mas acima de tudo por ser imoral”. O socialista considera também imoral e preocupante, o silêncio do PSD de Pombal e do seu líder. Afirma que Pedro Pimpão estava presente na sessão quando o episódio ocorreu e nada disse, “agindo como cúmplice por omissão de auxílio”. O cabeça de lista do PS à AM entende ser incompreensível “o apoio reiterado” e a “conivência” que o PSD demonstra para Fernanda Guardado, “perante evidente falta de capacidade para desempenho do cargo”.

“Exige-se ao PSD de Pombal uma ação firme de reposição da normalidade democrática no nosso concelho, lamentando todos nós que já existam males irreparáveis, que teremos todos que expiar coletivamente enquanto comunidade”, termina João André Coelho.

Marcado como

Emissão FM

97fm Rádio Clube de Pombal

Faixa Atual

Título

Artista

            A rádio que lhe diz mais!

Background