Célia Cavalheiro é a candidata do Bloco de Esquerda à Câmara de Pombal

Escrito por em 2021-05-14

A cabeça de lista à Assembleia Municipal é a professora Lina Oliveira

O Bloco de Esquerda (BE) anunciou esta manhã os cabeças de lista à Câmara e Assembleia Municipal de Pombal. A aposta é feita no feminino, com Célia Cavalheiro a assumir agora a candidatura a presidente do Município, no final de um mandato como membro da Assembleia Municipal. A aposta para este último órgão recai agora em Lina Oliveira.

Citada numa nota de imprensa enviada para as redacções, Célia Cavalheiro, refere que “a política local em Pombal definha a olhos vistos, após quase três décadas de maioria do PSD”. A candidata afirma que os social democratas cultivam a máxima: “quem não está connosco, está contra nós”, e “implementaram uma estrutura que afastou as pessoas da participação cívica e da construção da comunidade, fazendo-as viver com medo de assumir outros ideais políticos”.

O BE manifesta querer dar continuidade ao programa das últimas eleições autárquicas, sendo “uma Lufada de ar fresco no concelho, criando uma cultura de participação cívica que resulte num modelo alternativo de desenvolvimento local, garantindo democracia, preservação do ambiente, trabalho com direitos, inclusão e respeito pela diferença”. Na nota lê-se ainda que “Pombal precisa de soluções políticas que travem a destruição do nosso ecossistema e tragam qualidade de vida a todos. Queremos fazer chegar o saneamento básico a todas as populações, travar a expansão ilegal das pedreiras, revitalizar o rio Arunca (promovendo a fiscalização de descargas e a criação de alternativas para os resíduos) e reinvestir nos espaços verdes da cidade”. O partido político reafirma que “querer mais democracia é querer mais e melhor emprego, combatendo a precariedade” e aponta a necessidade de trabalhar com as maiores instituições do concelho “e estudar as suas cadeias de fornecedores, para conhecer o que é produzido e o que pode começar a ser, criando emprego de qualidade”. O BE diz ainda que o Município “deve empenhar-se na construção de uma comunidade que garanta plenos direitos de cidadania às suas pessoas, que combata discriminações e que integre todas e todos na vida comunitária”.

Célia Cavalheiro tem 50 anos e é licenciada em Engenharia Civil na FCTUC. Foi projetista, professora no Ensino Superior, directora de obras e é, atualmente, explicadora de Matemática. Natural de Torres Novas, fez o seu percurso de vida em Pombal. Apaixonada por desporto, é cinturão negro de Judo (2º Dan), tem o curso de treinadora de grau 1 e pratica Crossfit. É membro da Assembleia Municipal de Pombal desde 2017 e aderente do Bloco de Esquerda.

Lina Oliveira tem 52 anos e é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas. Professora de Português e Inglês desde 1991 é filha de pais emigrantes no Canadá, que vieram residir para Pombal em 1973, tendo crescido e vivido na cidade, de onde saiu para estudar e viver, até 2004. Assume-se como feminista interseccional, anti-racista e anti-fascista, colocando no centro das suas preocupações como cidadã a justiça social e as vidas com qualidade, em particular das pessoas cujas vozes estão mais afastadas dos centros de decisão, em áreas como a habitação, a mobilidade e a cultura. É aderente do Bloco de Esquerda.


Emissão FM

97fm Rádio Clube de Pombal

Faixa Atual

Título

Artista

            A rádio que lhe diz mais!

Background